quarta-feira, 4 de novembro de 2015

I Encontro das Crianças das Escolas do Campo - Assentamento Contestado no Município da Lapa-PR

Ana Claudia Santos

Antes de qualquer elemento vale destacar a iniciativa da atividade como uma forma de Luta e de contrapor o fechamento das Escola do Campo, foi diante deste contexto e como fruto de um processo de discussão coletiva do debate da Educação do Campo e do fortalecimento das Escolas do Campo, que no dia 29 de Outubro de 2015 realizou-se o I Encontro das Crianças das Escolas do Campo, no Assentamento Contestado no Município da Lapa-PR, com o Tema " Pelo Direito de Viver e Estudar no Campo". Contando com a participação de 13 Escolas, totalizando um público de 500 pessoas, entre educandos, educadores, oficineiros, e equipes de trabalho (cozinha, limpeza, apoio e coordenação geral do encontro)
O objetivo desse encontro foi a socialização e troca de experiência entre as crianças do campo, apropriação e resgate da cultura camponesa e do direito da vida no campo, possibilitando o acesso a atividades culturais negados historicamente aos camponeses. A programação do dia esteve bem diversificada, no período da manhã iniciou com café coletivo, abertura (mística, dinâmicas e os cumprimentos), logo mais as Oficinas tomaram conta do encontro com uma grande diversidade trabalhando aspectos da Arte, Educação, Agroecologia sendo estas (Quadro de Sementes, Artesanato de Pulseira, Cores da Terra, Arte:colagem de sementes, Dinâmicas dos Bichos e Doim, Customização de camisetas, Capoeira, Brincadeiras Diversas, Agrofloresta, Mandalas de CD, Fotografia, Construção de Brinquedos, Minhocário, Aurículoterapia, Morango Orgânico, Intercâmbio, Mosaico de sementes, Contação de História, Estêncil, Filtro de Sonhos e Alporquia).
Após as oficinas foi servido o almoço. Na parte da tarde as crianças assistiram duas apresentações culturais, Parabolé ( História Tecidos que Contam, com Carlos Moreira) e Palhaços (Apresentação Círculo de Bolso, com Ronaldo e Cris) na sequência foi realizado o Ato de Encerramento e agradecimento, onde foi entregue um certificado de participação para cada escola presente, para os arte educadores, educadores das oficinas, e demais parceiros que contribuíram com a atividade ( a entrega dos certificados foi realizada pelas crianças) e por fim teve a partilha do bolo com os parabéns ao mês das crianças.
" Pelo Direito de Viver e Estudar no Campo"





Nenhum comentário:

Postar um comentário