domingo, 25 de agosto de 2013

As místicas no Encontro Estadual

O Encontro Estadual de Educação do Campo da APEC foi marcado por várias momentos de místicas envolvendo as mais diferentes regiões do Paraná e diferentes povos: pescadores, quilombolas, camponeses, índios...

A equipe de comunicação saiu em busca do que os participantes compreendiam sobre tais momentos, querendo saber dos participantes o que é a mística para ele. Para tal, perguntou:


O que é mística para você?



“Mística é expressar o sentimento de várias conquistas e do que ainda vai ser conquistado” – Simone Vale, Mangueirinha – PR.






“Mística é o resgate da luta do nosso povo. Representa a diversidade dos movimentos e dos povos camponeses” – Sérgio Weirich, Quedas do Iguaçu – PR.




“É uma questão espiritual, mas sem estar ligada à religião. É uma ligação do universo sensível, das lutas e convicções, mas não te deixa desligado do lado real. Um resgate simbólico muito forte, pois retrata a vida cotidiana de uma forma diferente. Basicamente, representa a forma do ser humano pensar, respirar e repensar a relação humana” – Heloise de Almeida Lima e Mizael Luís Vitor, Guarapuava – PR.


“A mística é uma forma da gente representar algum anseio, representar as nossas culturas, um sentimento ou alguma indignação. Não é mostrado nada de concreto, então vai depender da pessoa que está assistindo tirar sua própria conclusão” – Kelly Cristina, Cascavel - PR.



“A mística representa muito uma simbologia. Tem um fato histórico, um caráter educativo, e é diferenciada de acordo com a criatividade de cada grupo. Cada identidade usa uma cultura, uma mística” – Everaldo Martins Lopes, Cascavel - PR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário